"Há noticia de, em 1950, ter existido na cidade da Guarda o grupo nº 64, impulsionado e dinamizado pelo Padre Manuel Duarte Curto. No mesmo ano, e sob iniciativa e orientação do Padre José Agostinho Moita, é implantado o Escutismo no Seminário Maior da Guarda. Em 20 de Maio de 1951, é inaugurado oficialmente naquele Seminário o Agrupamento nº 32.

Inesperada e inexplicavelmente, foi extinto quando comemorava 20 anos de existência, deixando uma grande saudade.

Com o apoio e impulso do Agrupamento do Seminário, é inaugurado a 28 de Junho de 1959, o Agrupamento nº 134 que se iniciou com o Grupo nº 9 de Exploradores e cujo patrono era S. José e a Alcateia nº 10 de Lobitos com S. Luis Gonzaga por patrono. Ao longo destes anos, o Agrupamento tem participado em atividades a nível local, regional, nacional e internacional, levando longe o nome da Guarda e trazendo honrosas nomeações. Conseguir uma sede que nos permita crescer, quer qualitativa quer quantitativamente, é o grande desafio que se nos coloca em termos de futuro. Continuamos a acreditar que, e tal como dizia Baden Powell, «ao IMPOSSÍVEL basta dar um pontapé no IM para tudo passar a ser possível» "

(Fonte: O Escutismo na Região da Guarda, 2003, CNE)